Conto Premiado

"45 Minutos"
- TERCEIRO LUGAR, CATEGORIA CONTO - CONCURSO DELICATTA III - Leia o texto.

Novidades

Acabo de fazer uma reforma no layout do blog. Agora os frequentadores poderão deixar recados no Mural de Recados, ou enviar mensagens privadas para meu e-mail diretamente do site. Tudo isso na barra lateral. Espero que gostem!

***

Quase sempre sou assim



Quase sempre sou assim, eis um pedaço de mim
Enlaçado ao passado vislumbro o futuro
Quase sempre obscuro, porém não imaturo

Entre nós e amarras construo meu destino
Desenlaçando o necessário, mas sempre desajeitado assim
Eis um pedaço de mim

Mas não tenha medo ou receio
Navegue com calma, me derrote com sorrisos
Deixe-se levar no embalo, entre carinhos e latidos

Eis então outro pedaço mim
Que a ti se volta destemido
E quando bate à porta a incerteza se veste de ti

Imagina o que não existe, ainda que preso ao presente
De-me a mão, me aceite
Logo seremos um e do uno me farei coerente

Eis um pedaço de mim
Por ti ardente, recente, por hora efervecente
Eis um pedaço de mim que é teu pra sempre.

Alexandre C. Martins – 31 de julho de 2010

Nenhum comentário: