Conto Premiado

"45 Minutos"
- TERCEIRO LUGAR, CATEGORIA CONTO - CONCURSO DELICATTA III - Leia o texto.

Novidades

Acabo de fazer uma reforma no layout do blog. Agora os frequentadores poderão deixar recados no Mural de Recados, ou enviar mensagens privadas para meu e-mail diretamente do site. Tudo isso na barra lateral. Espero que gostem!

***

Picadeiro


Quando foi que as flores deixaram te encantar?
Nem mesmo por um instante o relógio parou
Restaram mágoas controversas a encenar
O espetáculo das palavras nunca ditas ou retomadas

Um ator vestido de palhaço deixou borrar a maquiagem
Sobrou então a velha careta de todos os dias
Face sorridente em contraste com a evidente malandragem

O picadeiro caiu e deixou seu rastro
O entorno incinerado por chamas ávidas
Levou consigo o verdejante canteiro de rosas

Quando foi que as flores deixaram te encantar?
Nem mesmo por um instante o relógio parou
Restaram mágoas controversas a encenar
O espetáculo de tuas mentiras ao luar.

Alexandre C. Martins - 17 de março de 2009

2 comentários:

Carmelita T. Tomasoni disse...

Maravilhoso!!!
Adorei! Que requinte, pleno e intenso!
Parabéns.

thalita Bardini disse...

Um poema para refletir mesmo..
O Jogo das palavras...
a sedução do texto MARAVILHOSO!!!